PUBLICIDADE
Topo

Arquitetura da USP oferece pesquisa online em acervo de 500 mil itens

Raquel Rolnik

19/12/2019 17h16

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo há várias décadas tem coletado um acerco inestimável de desenhos, modelos, maquetes, registros fotográficos e audiovisuais de planos, projetos, objetos, comunicação gráfica e vídeos, material doado por escritórios ou produzido internamente. São acervos de escritórios de arquitetura, planejamento urbano, paisagismo e design e o registro de produção da própria faculdade agrupado em mais de 40 coleções, por volta de 400.000 desenhos e 100.000 registros fotográficos, além de maquetes e modelos e vasta documentação.

É o maior acervo de materiais de projetos, de desenho, de fotos de arquitetura e design da América Latina. Agora a FAUUSP lançou uma plataforma online em que se pode pesquisar pelo nome do artista, do arquiteto, ou por projetos, e ter acesso a todo esse vasto e rico material. É possível agora ver o que consta nesse acervo, inclusive toda a produção editorial e audiovisual da gráfica da FAU, como cartazes ou documentários feitos em várias épocas.

Entre os destaques do que pode ser visto agora online estão projetos de arquitetura como o Mercado e o Teatro Municipal (Ramos de Azevedo); croquis do MASP (Lina Bo Bardi); Edifício Copan (Oscar Niemeyer); Aeroporto de Congonhas (Hernani do Val Penteado); Casa Modernista (Gregori Warchavchik); Conjunto Nacional (David Libeskind); Igreja Nossa Senhora do Brasil (Bruno Simões Magro); Sede do jornal O Estado de São Paulo (Jacques Pilon e Franz Heep); Teatro Cultura Artística (Rino Levi); Vila Serra do Navio (Oswaldo Bratke); Clube Paineiras (Carlos Millan); Vila Penteado (Carlos Ekman); FAUUSP e Edifício Louveira (João Batista Vilanova Artigas); além da produção gráfica do Cauduro Martino Arquitetos Associados, além de muitos outros projetos de arquitetos, urbanistas e designers importantes para a história destas áreas, muitos deles alunos e professores da FAUUSP.

Além disso, em torno de 150 cartazes, produzidos por alunos, docentes e servidores técnicos da Seção Técnica de Produção Editorial da FAUUSP (LPG) a partir dos anos de 1980 e em torno de 900 produções originais entre documentários, produções de alunos e seminários.

Trata-se de uma iniciativa importante no sentido da extroversão dos ricos acervos desta que é uma das mais importantes universidades públicas no país, buscando tornar mais acessível sua produção. As seções técnicas envolvidas – de Materiais Iconográficos da Biblioteca da FAUUSP, de Audiovisual (FotoVídeo FAUUSP) e de Produção Editorial (LPG FAUUSP) recebem visitantes para acesso ao acervo físico, de acordo com sua política de uso. O portal está em processo de oferecer para download o material, mas por enquanto é possível fazer a pesquisa e requisitar, pelo email, o arquivo desejado.

Para acessar o portal do acervo da FAUUSP: http://acervos.fau.usp.br/

Sobre a autora

Raquel Rolnik é arquiteta e urbanista, é professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi diretora de planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo(1989-92), Secretária Nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-07) entre outras atividades ligadas ao setor público. De 2008 a 2014 foi relatora especial da ONU para o Direito à Moradia Adequada. Atuou como colunista de urbanismo da Rádio CBN-SP, Band News FM e Rádio Nacional, e do jornal Folha de S.Paulo, mantendo hoje coluna na Rádio USP e em sua página Raquel Rolnik. É autora, entre outros, de “A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo” (Studio Nobel, 1997), “Guerra dos lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças (Boitempo, 2016) e “Territórios em Conflito - São Paulo: espaço, história e política” (Editora três estrelas, 2017).